Tenha o Blog Ensinando Elétrica na palma de sua mão.

Altronic

Aprenda Comandos Elétricos e seja um eletricista de sucesso.

Um local de encontro de todos os eletricistas do Brasil, esse espaço é para vocês.

Se você é um principiante em elétrica recomendamos o curso para eletricista iniciantes.

Artigos Recentes

Quero ser Eletricista o que devo Fazer?

Ensinando Elétrica
O curso para eletricistas é bem amplo e tem a função de tornar o profissional atualizado sobre o mercado de trabalho e exigências gerais do mercado, esse curso poderá ser presencial ou em uma Plataforma Online como por exemplo a do Blog Ensinando Elétrica conheça clicando aqui!




Eles se dividem em curso para eletricistas residenciais, prediais e industriais. Além disso, o curso para eletricistas deve contar em seu conteúdo programático com matérias como segurança em instalações para prevenção de acidentes e outros conhecimentos necessários para exercer a profissão.

Mercado de um curso para eletricistas

O mercado de trabalho para eletricistas é grande, pois é um profissional que pode ser contratado por grandes, médias e pequenas empresas de construção civil, e ainda há oportunidades de trabalho em indústrias para eletricistas industriais e oportunidades para realização de trabalhos de forma autônoma.

Opções de curso para eletricistas  

Para orientar a escolha dos interessados em se qualificar como eletricista, o curso para eletricistas aborda: Eletricista residencial o eletricista residencial pode atuar de forma individual ou conjunta, sendo contratado por empresas de construção civil.

Para se qualificar, o eletricista residencial realizará um curso para eletricistas que tenha como conteúdo programático o estudo e interpretação de desenhos de fiação elétrica. Além disso, no curso, o estudante aprenderá sobre instalação, execução de reparos, troca de equipamentos com defeitos e outros conhecimentos que serão passados nos cursos.

O curso para eletricistas prediais tem o mesmo conteúdo do curso para eletricistas residenciais, onde o aluno aprenderá também a utilizar ferramentas, a realizar cálculos e outros conhecimentos como segurança, prevenção contra acidentes e primeiros socorros. Além dos conteúdos acima, o curso para eletricistas deve dar todo o respaldo para que os profissionais aprendam a atuar de forma teórica e prática, conheçam as legislações cabíveis ao setor, códigos e normas técnicas.

 Eletricista industrial – o eletricista industrial é aquele profissional apto a atuar em indústrias de diversos segmentos. Para preparar este profissional para o mercado de trabalho é necessário que o curso capacite eletricistas para manutenção industrial, instalação e conhecimento de comandos elétricos. Um bom curso para eletricistas deve preparar o aluno para a realização de instalações, manutenções, comandos elétricos em geral, etc. e também para lidar com comandos e proteção de motores elétricos, que são monofásicos ou trifásicos, além da escolha ideal de condutores elétricos, dispositivos de proteção e comando.

 O curso para eletricistas industriais é mais complexo, pois a área de eletricidade industrial é maior e deve capacitar o aluno a lidar e conhecer a automação, os CLPs, sensores, interfaces homem máquina  e atuadores e outros equipamentos. Para ser completo, o curso para eletricistas Industriais deve contar com pelo menos 11 módulos, mais o módulo sobre Segurança e Primeiros Socorros. Os interessados em realizar um curso completo para eletricistas prediais ou industriais devem escolher uma instituição competente e com estrutura essencial para a capacitação e orientação profissional.

 Além do ENSINANDOELETRICA, os estudantes podem procurar o curso para eletricistas em instituições federais para preparação técnica e profissionalizante de sua região, como os Cefets, os Institutos Federais de Tecnologia e outras instituições que sejam competentes e oferecem toda a estrutura para ministrar as aulas para Eletricistas.

 Enrolador de motores elétricos0 enrolador de motores elétricos é um profissional essencial no mercado de trabalho, pois se especializa em atividades necessárias para serviços ligados a operações com motores elétricos. No curso para enrolador de motores elétricos, o aluno aprenderá como desmontar motores, como remover fiações queimadas e outros procedimentos. O curso completo é composto de diversos módulos com aulas teóricas e práticas.

 NR-10 – o curso para eletricistas sobre a NR-10 é bastante procurado, pois a norma NR-10 é importantíssima para o dia a dia dos profissionais eletricistas. A norma NR-10 detalha um programa de treinamento com conhecimentos essenciais para quem exerce atividades na área da eletricidade. O curso é composto dos conteúdos: segurança com eletricidade, análises de riscos, estudo de Normas da ABNT para o setor elétrico, primeiros socorros e outros conhecimentos. Ele capacita e habilita o profissional a receber o registro profissional e atuar com mais segurança e credibilidade no mercado. Por isso, antes de ingressar em um curso NR-10, verifique quais instituições oferecem este curso com qualidade e estrutura.

Qualificações pessoais para um curso para eletricistas

Algumas qualificações pessoais para exercer a profissão não são adquiridas em curso para eletricistas e fazem parte do talento pessoal desses profissionais. Incluídas nas competências pessoais que são adquiridas com experiência no mercado de trabalho e capacidades individuais, essas qualificações pessoais permitem que os profissionais tenham senso de praticidade, raciocínio lógico, organização e rapidez, e outros requisitos que, alinhados a técnica, fazem do eletricista um profissional completo depois de ter um curso para eletricistas.


Lembre - se um Eletricista Autônomo de sucesso pode ganhar mais de 20 mil reais no mês.

Como ser um bom Eletricista?

Ensinando Elétrica
O eletricista sempre terá oportunidades de trabalho no mercado, pois são vastas as oportunidades para todas as áreas que exigem eficiência técnica, sendo que eletricista é uma delas.



Para quem pretende se tornar eletricista precisa também gostar de matérias de ciências exatas com matemática, física e eletricidade.

Curso de qualificação para eletricista

Os cursos que formam eletricistas geralmente têm uma duração de até quatro anos com aulas práticas e teóricas sobre a dinâmica da eletricidade predial voltada para a construção civil. Ele possui matérias como Lei da eletricidade, sistemas de circuito, segurança elétrica, esquemas de sistemas elétricos, solda e atividades similares. É necessário também que esteja incluso no curso de eletricista conhecimentos sobre o Código Elétrico Nacional e conhecimentos sobre novos métodos e equipamentos de eletricidade que surgiram no mercado elétrico. O eletricista profissional realizará cursos em instituições como o ENSINANDOELETRICA. Esses cursos incluirão o estudo de interpretação de desenhos técnicos de fiação elétrica, conhecimentos sobre instalação e manutenção de redes elétricas, reparos e detecção de problemas em redes elétricas, segurança em redes elétricas, registro de problemas elétricos e outros conhecimentos.

Como ingressar na carreira de eletricista

Para se tornar um bom eletricista é necessário ter o Ensino Médio completo para se tornar um profissional competitivo no mercado e ainda realizar cursos profissionalizantes ou técnicos na área. Participe de cursos que realmente sejam bons e que tenham carga horária capaz de preparar o estudante para o mercado de trabalho. Muitos estudantes de elétrica ingressam no mercado de trabalho como aprendizes, realizando estágios na área ao mesmo tempo em que participam de cursos. Alguns bons sindicatos na área de eletricidade promovem cursos e estágios para aprendizes. Por isso, para aqueles estudantes que pretendem galgar a carreira de eletricista devem, antes de tudo, pesquisar onde há oportunidades de aprendizado e inserção no mercado de trabalho.

Licença para trabalhar como eletricista

Para exercer a profissão de eletricista é necessário que o interessado cumpra a burocracia de licenciamento que varia de região para região. Para saber mais informações sobre como adquirir a carteira profissional para eletricista, é só acessar o site do Ministério do Trabalho e buscar mais informações sobre  a Carteira de Aptidão Profissional ou no órgão de Direção Geral de Energia de sua região. De qualquer forma, para tirar a licença será necessária a realização de exames que testarão os conhecimentos do profissional na área de eletricidade.

Mercado de trabalho de um eletricista

Os profissionais que pretendem ingressar na carreira de eletricista podem se tornar eletricistas do ramo de construção civil, e ainda eletricistas públicos ou inspetores. Para isso será necessário que o profissional se aprofunde mais no assunto e requeira uma licença que teste os conhecimentos especializados em eletricidade. O mercado de trabalho para eletricista possui diversas possibilidades, pois o profissional pode atuar como eletricista residencial e predial, inspetor, industrial, eletricista de empresas que prestam serviços de na área de energia pública e outros ramos do setor.

Um bom eletricista

Para se tornar um bom eletricista, além de conhecimentos e habilidades técnicas, o profissional deverá também possuir habilidades como capacidade de comunicação, e também requisitos físicos que são: boa visão e ótima coordenação motora. Outras habilidades também necessárias são: habilidades técnicas para instalações e manutenções, detecção de problemas, habilidades com o manuseio de ferramentas e conhecimentos em informática. As habilidades comportamentais necessárias são as habilidades de praticidade, organização, raciocínio lógico e metódico e responsabilidade quanto à segurança própria e de outrem.

Segurança do trabalho de um eletricista

Além das atividades descritas acima, os eletricistas executam também atividades de atuação nas áreas de eletroeletrônica, mecânica, manutenção e outros. Instalação de sistemas complexos de fiação, de cabos coaxiais, tanto para computadores como para sistemas de telefonia ou sistemas elétricos industriais. É função também do eletricista saber manusear as ferramentas certas para cada tipo de fiação. Os eletricistas estão subordinados as ordens de serviços dos engenheiros elétricos e devem saber como executar as solicitações de serviços de forma adequada e eficaz através da leitura de desenhos elétricos e leitura de projetos, sejam projetos da construção civil ou voltados para iluminação pública. Trabalhar com todas essas possibilidades na execução de tais atividades rotineiras torna o trabalho do eletricista uma atividade de alto risco. Sabendo disso, os maiores cuidados que os eletricistas devem ter no dia a dia são quanto ao uso de escadas e andaimes e ainda cuidados que evitem choques elétricos. Para isso, se fazem necessários o uso de roupas especiais e equipamentos de proteção individual. O risco de acidentes graves tem uma probabilidade maior quando os profissionais estão trabalhando com instalações e monitoramentos diretos de circuitos e redes elétricas. Atualmente, existem no mercado diversos equipamentos modernos para a  proteção  de eletricistas. Esses equipamentos incluem uniformes capazes de retardar as chamas elétricas conhecidas como  arco elétrico e tornar os serviços de eletricidade mais seguros. Lembrando que todas as empresas que contratam um eletricista e mesmo profissionais que trabalham de forma autônoma devem receber treinamentos quanto ao nível de riscos das atividades, ter documentado um plano com níveis de risco das atividades exercidas pelo profissional com a análise dos riscos, utilização de equipamento individual de proteção e outras medidas de segurança. Uma das normas mais conhecidas no mercado de trabalho do setor elétrico  é a norma 10. A norma 10 é muito abrangente e regulariza medidas preventivas de proteção para qualquer profissional que tenha contato com sistemas elétricos na realização de suas atividades.

Média salarial de um eletricista

O eletricista constitui uma categoria de trabalho valorizada e bem remunerada. A média salarial dos eletricistas varia entre R$1450,00 a R$3.000,00, de acordo com a região em que o profissional atua, dependendo também da experiência, qualificação com cursos de aprofundamento e outras questões que fazem variar a remuneração média.

Ligação de Motores 12 pontas

Ensinando Elétrica
Amigos já foi postado semana passada os fechamento de motores elétricos de 6 pontas você pode consultar clicando aqui, agora nesse artigo mostraremos como deve ser realizado o fechamento de motores de 12 pontas conforme sua tensão de rede de alimentação.



Bobinas numeradas de um motor trifásico de 12 pontas.
Numeração das bobinas de um motor trifásico.

Primeiro fechamento estará em duplo triangulo ou triangulo paralelo, esse fechamento deve ser realizado se sua tensão de alimentação for trifásico 220V, assim cada bobina receberá a tensão nominal da rede.

Então devemos juntar as pontas 1,6,7,12 e fechar com a Fase R. e isolar.
Segundo passo juntar as pontas 3,5,9,11 e fechar junto com a Fase S e isolar
Terceiro passo juntar as pontas 2,4,8,10 e fechar junto com a Fase T e isolar

Pronto seu motor estará fechado em duplo triangulo o fechamento necessário para a tensão da rede em 220V.


Agora nesse segundo fechamento será em duplo estrela ou estrela paralelo, esse fechamento será realizado sempre que sua tensão de rede for 380 Volts Trifásico.

Primeiro passo, junte o fio 1,7 Fase R. Isole
Segundo passo, junte o fio 2,11 Fase S. Isole
Terceiro passo, junte o fio 3,9 Fase T. Isole
Quarto passo, junte as pontas que sobrou 4,5,6,8,10 e 12 feche entre si e isole.

Pronto nessa forma você realizou o fechamento do motor em duplo estrela nessa forma mesmo com a tensão de 380 Volts seu motor receberá apenas os 220V em suas bobinas.


Nesse terceiro fechamento estarei realizando o fechamento em triangulo serie, esse fechamento você só ira realizar caso sua tensão de rede for de 440 volts trifásico.

Primeiro passo junte as pontas 1,12 isole e ligue na Fase R.
Terceiro passo junte as pontas 3,11 isole e ligue na Fase S.
Quarto passo junte as pontas 2,10 isole e ligue na Fase T.
Quinto passo junte 9 e 6 isole, Junte 4 e 7 isole, junte 8 e 5 isole.

Pronto dessa forma você estará realizando o fechamento em triangulo em serie, somente se caso sua tensão de alimentação for 440 Volts que não é comum de ser encontrado.


Nesse quarto fechamento estarei realizando o fechamento em estrela em serie. Esse tipo de fechamento deve ser realizado somente para Partidas Estrela Triangulo.

Bom pessoal é isso qualquer dúvida comente abaixo para podermos discutir sobre o assunto, um forte abraço Felipe Vieira.

Veja aqui como você pode ser um ótimo profissional realize o curso de comandos elétricos.

Ligação Motores 6 pontas

Ensinando Elétrica
Motores Elétricos trifásicos de 6 pontas permite sua ligação em estrela ou triangulo 220V ou 380V,
veja abaixo alguns exemplos. Clique aqui para consultar o fechamento de motores elétricos de 12 pontas.





Bobinas numeradas de um motor de 6 pontas

Abaixo temos um exemplo de aplicação das bobinas fechadas para triangulo 220V nesse caso a rede trifásica é 220V e com o motor fechado em triangulo as suas bobinas continuam recebendo a tensão nominal da rede.
Motor Fechado em Triângulo recebendo 220V.

Abaixo vejamos de outra forma os fechamento em triangulo, repare que é o mesmo fechamento do esquema acima. Continua fechado para 220V triangulo recebendo assim ainda os 220V em suas espiras.
Juntando as pontas dos fios

Agora teremos o motor fechado em estrela mesmo recebendo a tensão nominal da rede 220V nesse caso suas espiras recebem apenas 127 Volts, esse tipo de fechamento em especial seria o momento em que o comando estrela - triangulo reduz seu pico de partida em estrela assim após o tempo comutando para triangulo seu fechamento natural.

Motor Fechado em estrela recebendo tensão de rede 220V

Detalhe do fechamento em estrela conforme esquema acima, assim nesse caso recebendo tensão de 220V suas bobinas recebem apenas 127 Volts, caso a tensão fosse 380V suas bobinas receberiam os 220V
Juntando as pontas dos fios
Então como devemos realizar o fechamento do Motor Elétricos de 6 pontas para receber a tensão 220V Estrela ou Triangulo? a resposta é em estrela conforme esquema abaixo.

Fechamento em estrela tensão de rede 380 Volts

Detalhe do fechamento acima, repare que é o mesmo fechamento do estrela recebendo 127 Volts o fechamento é o mesmo apenas a tensão aplicada é maior.

Juntando os fios

Até a próxima aula sobre o fechamento de motores de 12 pontas.

By Felipe Vieira Eletrotécnico

Comandos Elétricos no Android

Ensinando Elétrica
Pessoal, vocês tem que instalar e conhecer esse magnifico aplicativo para criar diagramas de comandos elétricos no celular android, estive conversando com o desenvolvedor e em breve terá uma nova versão mais sofisticada e será possível fazer até simulação como no cade simu.

Veja alguns diagramas que nas horas vagas eu fiz no meu celular com o Aplicativo Mplan


Diagrama de Partida Direta Criado no Aplicativo Mplan (acima)


Diagrama Partida Direta e Reversão Criado no Aplicativo Mplan (acima)



Diagrama de Trabalho Chave Magnética Partida Direta e Estrela - Triângulo. (acima)



Diagrama de Comando Estrela - Triângulo e Partida Direta do Circuito acima.


Diagrama Partida Direta em 24V tensão continua para o diagrama de comando. (acima)


Diagrama de Trabalho 04 Chaves Magnéticas de Partida Direta. (acima)


Diagrama de Comandos 04 Chave Magnética Partida Direta Independente em tensão de 24vcc. (acima)


Diagrama de Comando Estrela - Triangulo Motor 6 Pontas 220/380V. (acima)


Diagrama de Comando com Fim de Curso. (acima)


Chave Magnética Partida Direta com Sinalização de Ligado, Desligado, Atuação Rele Térmico. (acima)


Chave Magnética Partida Direta com Reversão do Motor. (acima)


Partida Direta Comum com LED Indicativo Ligado. (acima)

Quer baixar o aplicativo Mplan direto no seu celular? Acesse o link abaixo para instalar e poder treinar comandos elétricos em qualquer lugar.

Download Aplicativo Mplan Versão FREE


Download Aplicativo Ensinando Elétrica


Como baixar onde devo clicar?


Veja como baixar no Google driver, você deve clicar em umas das setas.

Assista ao Vídeo de Como Utilizar o Aplicativo Mplan, Um Rápido Tutorial Básico.

Lei de Ohm Resumo e Formulas

Ensinando Elétrica
A Lei de Ohm, assim designada em homenagem ao seu formulador, o físico alemão Georg Simon Ohm (1789-1854), afirma que, para um condutor mantido à temperatura constante, a razão entre a tensão entre dois pontos e a corrente elétrica é constante. Essa constante é denominada de resistência elétrica.

Quando essa lei é respeitada por um determinado condutor mantido à temperatura constante, este denomina-se condutor ôhmico. A resistência de um dispositivo condutor é dada pela equação.

{\displaystyle {\text{R}}={\frac {\text{V}}{\text{I}}}}
ou

{\displaystyle {\text{V}}={\text{R}}{\text{I}}}
onde:
 é a diferença de potencial elétrico (ou tensão, ou d.d.p.) medida em volt (V);
 é a intensidade da corrente elétrica medida em ampère (A) e
 é a resistência elétrica medida em ohm (Ω).

Veja abaixo alguns exemplos de formulas para a lei de ohm

Pergunta 01


Responda nos comentários, Exemplo Pergunta 01 Resposta X.

Pergunta 02


Responda nos comentários, Exemplo Pergunta 02 Resposta X.

Pergunta 03


Responda nos comentários, Exemplo Pergunta 01 Resposta X.

E de grande importância você eletricista conhecer essas formulas, pois apenas com elas você consegue cálculos de corrente, resistência e tensão sem utilizar aparelhos de medidas de grandezas elétricas. (Multímetros).

Até o próximo artigo, by Felipe Vieira

NOVIDADE!! Camisetas do Blog