Conheça mais sobre a historia da eletricidade

Fala galera, se você é novo na área da elétrica, garanto que a vontade de saber como tudo funciona e quais são as teorias para que todo esse sistema possa ser manipulado e utilizado pelo homem.


Vou deixar os vídeos mais legais que eu acho e recomendo vocês a assistirem para conhecer mais sobre eletricidade e conhecer mais sobre a profissão eletricista.

São vídeos em Episódios e Documentários

Ep 01 - A faísca

Ep 02 - A era da invenção



Ep 03 - Revelações e Revoluções

Vídeos educacionais "Viagem na Eletricidade "


Vídeos criado no ano de 1981 á 1983
Vídeos Perigos da Eletricidade " Profissão Eletricistas "Alta Tensão" (que para mim são os mais fodas)

Vídeos da Historia de Nikola Tesla todo eletricista deve conhecer!
Nikola Tesla - Vídeo 01

Nikola Tesla - Vídeo 02


Nikola Tesla - Vídeo 03


Nikola Tesla - Vídeo 04
Eletrotécnico Felipe Vieira WhatsApp - Dúvidas em Elétrica? Me chama no WhatsApp agora mesmo - (15) 99686-7998

Tipos de Aterramento Elétrico

Olá amigos e amigas, no artigo de hoje falaremos sobre: Esquemas de aterramento elétrico, espero que gostem desse artigo.



Esquemas de Aterramento

Ads:


A NBR 5410 apresenta cinco esquemas de aterramento e, como exemplo, utiliza sistemas trifásicos, fazendo também algumas observações a este respeito. Vamos conhecer um pouco sobre esses esquemas de aterramento. Contudo, é preciso estar atento a alguns pontos relevantes:


  1. As massas indicadas não simbolizam necessariamente um único equipamento elétrico mas sim qualquer número deles.
  2. As figuras não devem ser vista com conotação espacial restrita
  3. Uma mesma instalação pode eventualmente abranger mais de uma edificação; as massas, se pertencentes a uma mesma edificação, devem necessariamente compartilhar o mesmo eletrodo de aterramento (haste), mas, se situadas em diferentes edificações, podem, a principio, estar ligadas a eletrodos de aterramento distintos, com cada grupo de massas associado ao eletrodo de aterramento da edificação respectiva.
Os esquemas de aterramento utilizam a seguinte simbologia.

  • Primeira letra: situação da alimentação em relação á terra
➤ T = um ponto diretamente aterrado
➤ I = isolação de todas as partes vivas em relação á terra ou aterramento de um ponto através de impedância

  • Segunda letra; situação das massas da instalação elétrica em relação á terra.
➤ T = massas diretamente aterradas, independentemente do aterramento eventual de um ponto da alimentação.
➤ N = massas ligadas ao ponto da alimentação aterrado (em corrente alternada, o ponto aterrado é normalmente o ponto neutro)

  • Outras letras (eventuais): disposição do condutor neutro e do condutor de proteção;
➤ S = funções de neutro e de proteção assegurada por condutores distintos. (diferentes)
➤ C = funções de neutro e de proteção combinadas em um único condutor (condutor PEN)
(PEN) é condutor combinando as funções de neutro e de proteção.

Primeiro Esquema - Esquema TN

No esquema TN, temos um ponto de alimentação diretamente aterrado, e as massas são ligadas a esse ponto por meio de condutores de proteção. São consideradas três variantes de esquema TN, de acordo com a disposição do condutor neutro e do condutor de proteção.

Esquema TN-S: o condutor neutro e o condutor de proteção são distintos. (esquema abaixo)


Representação simples do esquema TN-S

Esquema TN-C-S: as funções de neutro e de proteção são combinadas em um único condutor em parte do esquema. (esquema abaixo)


Representação simples do esquema TN-C-S

Esquema TN-C: as funções de neutro e de proteção são combinadas em um único condutor, na totalidade do esquema. (esquema abaixo)


Representação simples do esquema TN-C

É importante lembrar que no esquema TN-C-S as funções de neutro e de condutor de proteção são combinadas em um único condutor em parte do esquema, já no esquema TN-C as funções de neutro e de condutor de proteção são combinadas em um único condutor, na totalidade do esquema.
Ads:


Esquema TT; O esquema TT possui um ponto da alimentação diretamente aterrado, estando as massas da instalação ligadas a eletrodos de aterramento eletricamente distintos do eletrodo de aterramento da alimentação. (esquema abaixo)


Representação simples do esquema TT

Continua....


Representação simples do esquema TT

Esquema IT: no esquema IT todas as partes vivas são isoladas da terra ou um ponto da alimentação é aterrado através de impedância. As massas da instalação são aterradas verificando-se as seguintes possibilidades:


Detalhe representação IT; note que o neutro pode ser ou não distribuído.

A) sem aterramento da alimentação

B) alimentação aterrada através de impedância

B.1) massas aterradas em eletrodos separados e independentes do eletrodo de aterramento da alimentação

B.2) massas coletivamente aterradas em eletrodo independente do eletrodo de aterramento da alimentação.


B.3) massas coletivamente aterradas no mesmo eletrodo da alimentação

Massas aterradas no mesmo eletrodo de aterramento da alimentação, se existente; massas aterradas em eletrodos de aterramento próprio, seja porque não há eletrodo de aterramento da alimentação, seja porque o eletrodo de aterramento das massas é independente do eletrodo de aterramento da alimentação.
Lembre-se o aterramento de um sistema de alimentação e distribuição é indispensável, para proteção dos equipamentos e das pessoas.


O aterramento em instalações residenciais e de pequeno porte mais utilizado e recomendado é o método TN-S

Ads:


Até o próximo artigo....